Vertagear dá dicas para usuários escolherem a cadeira gamer mais adequada ao seu perfil

Importantes para a saúde, bem-estar e performance de usuários que passam o dia trabalhando, estudando ou jogando em frente ao computador, as cadeiras gamer ganharam ainda mais destaque no último ano, quando o aumento do número de pessoas em casa ligou um alerta sobre como melhor se adaptar às novas rotinas.

Segundo João Paulo Martins, diretor comercial da Vertagear no Brasil, entre março e junho de 2020, o comparador de preços Zoom, registrou um aumento de 800% na busca por cadeiras gamer, que deixaram de ser um objeto de nicho, focado exclusivamente em jogadores, para se tornar uma necessidade para qualquer pessoa que passa horas do seu dia sentado. “Além de ajudarem com a postura do usuário, elas oferecem conforto e até melhoram o rendimento de profissionais e estudantes, especialmente no caso de quem precisou adaptar a casa durante a pandemia”, disse João.

Para facilitar a escolha do modelo ideal para cada consumidor, o diretor comercial da Vertagear no Brasil listou cinco características fundamentais para se considerar na hora de definir a compra de uma nova cadeira e fazer um bom negócio para o corpo e para o bolso.

Material: Da estrutura ao revestimento, cada detalhe de uma cadeira gamer é fundamental para garantir conforto e durabilidade, especialmente a longo prazo. “Usuários tendem a passar muitas horas sentados em suas cadeiras e um material de má qualidade não demora para apresentar desgastes no tecido, espumas, travas e até nos parafusos. Não é o caso das cadeiras da Vertagear, que usam tecidos feitos de fibra de café e revestimento em PUC, uma combinação entre PVC e Poliuretano que proporciona longevidade e resistência acima da média”, disse João.

Ergonomia: Cada cadeira tem um conjunto de características de design que vai se adaptar melhor a determinados tipos de uso e definir quão confortável e eficiente este modelo será para diferentes consumidores. “Da curvatura do encosto às possibilidades de inclinação, todas as linhas e ajustes de uma cadeira impactam na experiência do usuário. Por isso, procure opções que te atendam nos detalhes mais relevantes para você, por exemplo apoios de lombar e pescoço, altura e rotação dos braços e tipos de costuras”, completou João.

Tamanho e peso: Nem todas as cadeiras gamer são ideais para pessoas de qualquer altura e peso. João alerta que para usuários muito altos ou baixos, é fundamental verificar as possibilidades de ajustes verticais, tanto do assento quanto braços e até pescoço. Já para pessoas que pesam mais do que 150kg, a dica é sempre verificar se determinado modelo suporta esta carga. “Vale destacar que no caso da Vertagear todas as cadeiras atendem a estes requisitos e alguns modelos foram desenvolvidos para ir além”.

Utilização da cadeira: A compra de uma cadeira deve sempre considerar sua finalidade.Cadeiras para sala de jantar, por exemplo, podem ser lindas e confortáveis durante as refeições, mas não sentar por longos períodos. “É importante que o uso determine algumas funções essenciais, e hoje o mercado oferece inúmeras opções. A própria Vertagear conta até com kits de iluminação RGB que podem ser instalados na cadeira para tornar a experiência mais imersiva”, disse João.

Orçamento: Existem cadeiras gamer de diversas faixas de preço, mas nem sempre é isso que vai definir uma boa compra e a qualidade do produto. Bons negócios não são necessariamente os mais baratos ou os mais caros, isso depende do que cada consumidor procura. “A Vertagear tem no Brasil modelos a partir de R$1.929,00, todos de alta durabilidade e trabalhados nos mínimos detalhes para que os clientes tenham cadeiras confortáveis e duradouras, com materiais premium que não desgastam com o tempo e ergonomia avançada”, finalizou João.

Para conhecer todos os modelos da Vertagear acesse o site oficial da marca.

Rafael Mota

*Tech/creator do Inteligência Móvel (IM) * Nerd/geek (Pete Mineiro ⛏ da Cavalaria Geek). * [email protected]