Guiabolso agora permite fazer transferências de graça

Já imaginou fazer uma transferência em poucos minutos para pessoas que tenham conta em um banco diferente do seu, a qualquer hora do dia e em qualquer dia da semana, inclusive aos sábados, domingos e feriados? E poder fazer isso utilizando as contas que você já tem em diferentes bancos? É o que possibilita a nova solução do aplicativo Guiabolso.

A nova funcionalidade de transferência é a primeira do mercado a permitir transferências entre pessoas físicas de bancos diferentes de maneira instantânea (o dinheiro cai em poucos minutos), gratuita e 24×7: as transferências podem ser realizadas 24 horas por dia e 7 dias por semana. Para isso, o usuário irá usar suas atuais contas bancárias para transferir pelo app do Guiabolso, de forma simples e rápida para qualquer pessoa, mesmo que ela não seja usuária do Guiabolso.

O Head de Transações, Gregorio Kelner, ressalta que, para poder fazer a transferência pelo app, o usuário não precisa antes transferir dinheiro para uma conta digital no aplicativo, ou seja, ele não tem saldo no Guiabolso. “As pessoas continuam usando as contas que elas já têm em seus atuais bancos, ao invés de deixar dinheiro em mais uma nova conta”, diz. “O que o Guiabolso faz é simplificar a vida financeira do usuário, juntando várias contas em um só lugar e entregando uma experiência única e rápida de transferir o seu dinheiro pelo app do Guiabolso”, completa.

“É como juntar o melhor dos bancos e produtos financeiros num mesmo lugar: com o Guiabolso o usuário hoje tem a visibilidade e gestão de toda sua vida financeira, pode contratar os melhores produtos financeiros, como empréstimos, investimentos, seguros e cartões, e agora poderá transferir dinheiro instantaneamente utilizando as contas que ele já tem em seus bancos, tudo isso utilizando um só app”, afirma Thiago Alvarez, fundador e CEO do Guiabolso.

Apesar de antecipar uma parte dos benefícios do PIX (sistema de pagamentos instantâneos do Banco Central), por ser instantâneo e 24×7 para alguns bancos, a fintech irá utilizar o PIX quando este for lançado em Novembro, pois o sistema do Banco Central permitirá aprimorar a solução desenvolvida e irá permitir que as transações instantâneas e 24×7 ocorram para todos os bancos e em menos tempo. Além disso, a fintech também antecipa a figura do PISP (iniciador de pagamentos), prevista na última fase do Open Banking, que permitirá que um usuário utilize sua conta bancária para fazer transações sem precisar acessar a plataforma de seu banco. Apesar da antecipação do modelo, a fintech irá se enquadrar no modelo regulatório do PISP logo que ele estiver disponível.

Apesar de a primeira fase abordar apenas transferências entre pessoas físicas, Kelner explica que as funcionalidades serão ampliadas em breve para pagamentos de boleto e compras em lojas físicas e online. A empresa, aliás, já planeja outras funcionalidades que vão muito além: “A estrutura criada possibilitará oferecer tipos de transações bastante únicos para os nossos usuários, como dividir um mesmo pagamento entre contas que o usuário tenha em bancos diferentes, ou até mesmo dividir o pagamento com outras pessoas que tenham contas em bancos diferentes.’’ 

Como transferir. Para realizar a transferência, o usuário precisa apenas baixar o App Guiabolso, cadastrar um cartão de débito e preencher o valor da transferência e os dados bancários do recebedor. A pessoa que irá receber o dinheiro não precisa fazer nada, nem ser usuário do app. Atualmente, os usuários podem usar os seguintes cartões de débito para transferir: Bradesco, Banco do Brasil, Caixa Econômica Federal, Santander, Inter, C6 e Sicredi. Além disso, o usuário pode realizar transferências para qualquer banco e, por enquanto, elas ocorrem de maneira instantânea e 24×7 para Bradesco, Itaú, Banco do Brasil, Caixa Econômica Federal, Santander e Stone.

Via Assessoria de imprensa 

Rafael Mota

*Tech/creator do Inteligência Móvel (IM) * Nerd/geek (Pete Mineiro ⛏ da Cavalaria Geek). * [email protected]