Jelly Bean já é mais usado que ICS, mas Gingerbread ainda reina

A adoção de versões mais novas do Android depende muito da boa vontade das operadoras em atualizar os sistemas de seus aparelhos, que na maioria da vezes fica estagnado na versão que veio de fabrica, porem este panorama esta mudando.

Jelly Bean

Em março, a versão 2.3 Gingerbread equipava 44% dos Androids, número que caiu para 38,5% em abril, segundo dados da própria Google. O Android Jelly Bean, versão mais recente do sistema, já é a segunda mais usada, com 28,4% do total, a frente até mesmo do Android ICS, com 27,5%.

Vale lembrar que a Google mudou a forma de medir a adoção do Android. Agora, a empresa contabiliza o perfil dos usuários que visitarem a Google Play Store. Antes, eram registrados quaisquer entradas nos servidores da Google.

3 thoughts on “Jelly Bean já é mais usado que ICS, mas Gingerbread ainda reina

  • 6 de maio de 2013 em 13:02
    Permalink

    Não é de se espantar se levar em consideração as melhorias que as atualizações trazem.

    O “porém” (na minha opinião) do 2.3 ainda reinar é que, grande parte do publico ainda tem gadgets com um hardware que não suportaria um ICS ou até mesmo o JB.

    Isso sem contar que uns 85% dos aparelhos no mercado (um chute) está vinculado a alguma operadora. Fazendo com que grande parte dos usuários optem por não rootear ou instaram uma ROM sem as maldidas UI’s. Isso quando eles sabem o que é root, ou ROM, ou até mesmo tem de ficar esperando a operadora liberar a versão.

    Mesmo assim ainda acho que grande parte das pessoas que tem um smart hoje em dia não sabe do potencial que os aparelhos tem, isso quando nem sabem mexer no aparelho.

  • 6 de maio de 2013 em 13:14
    Permalink

    Concordo com vc Jefferson. Ainda mais aqui no Brasil, com os preços absurdos dos aparelhos!

  • 6 de maio de 2013 em 13:30
    Permalink

    Pior Fernando!

    Não sei ao certo de quem é a culpa. Ora dos impostos, ora das lojas que querem ter sempre um lucro muito grande e ora (infelizmente) do consumidor. Falo isso porque quando fui comprar meu smart eu pesquisei bastante.

    No final achei uma diferença de quase 25%!

    Fora isso tem também a questão da informação. Muita gente ainda só usa um smart pra enviar mensagem e fazer ligações.

Fechado para comentários.