Positivo Casa Inteligente equiparão imóveis sustentáveis da Techome

Monitorar a casa, acionar e dirigir a iluminação dos ambientes e controlar equipamentos com dispositivos infravermelho, tudo isso pelo smartphone. Essas são facilidades que os clientes da TecHome terão quando receberem suas casas equipadas com produtos baseados em internet das coisas da Positivo Casa Inteligente. A Techome é um modelo de negócio gerado pela parceria entre a Tecverde, empresa de tecnologia de construção, e a fintech Homelend, de financiamento imobiliário. 

O projeto da Positivo Casa Inteligente com a Techome começou por Barretos-SP, com residências duplex de 74,2m² que contam com lâmpadas, controle universal, câmeras e sensores do portfólio da Positivo Casa Inteligente. Em obras com maior metragem, o kit padrão de IoT poderá contar com mais itens. Segundo José Ricardo Tobias, responsável pela Positivo Casa Inteligente, “a parceria resultou também no desenvolvimento de uma nova solução: o interruptor inteligente, para suprir ainda mais as necessidades e oferecer mais possibilidades aos imóveis em construção. Nossa ideia é oferecer uma casa mais eficiente, conectada e segura desde o recebimento das chaves“. Ele explica que entre os valores da marca estão a simplicidade de uso, instalação e acessibilidade, e que é na hora da implantação que o usuário tem como realmente avaliar esses atributos. “No varejo de eletrônicos e home centers, entregamos soluções plug ‘n’ play para nossos clientes. Com a parceria com a Techome, podemos incluir soluçõesque já serão instaladas no momento da construção e entregar uma experiência incrível aos residentes“, completa Tobias.  

Mesmo sendo muito fáceis de usar e de instalar, para garantir uma experiência ainda mais agradável, o cliente receberá – com a documentação da Techome e as chaves do imóvel – um manual com todas as informações sobre configuração, especificações técnicas e canal de suporte em caso de manutenção dos produtos da Positivo Casa Inteligente. A garantia de todos os itens segue o padrão de um ano, similar ao varejo. Nesta primeira iniciativa da Techome, também há unidades em que o cliente pode alugar por 36 meses e no final do contrato usar parte do aluguel como entrada para aquisição da residência, e unidades para venda. 

As primeiras casas em Barretos começaram a ser construídas na segunda quinzena de agosto e serão entregues em novembro. Elas estarão prontas para morar em menos de 90 dias. “É uma velocidade surpreendente de obra para casas nesta metragem, rapidez possível porque desenvolvemos um sistema industrial de construção offsite, que pode chegar a ter até 85% das etapas da obra produzidas em nosso parque fabril“, explica Caio Bonatto, CEO da Tecverde. 

Depois de Barretos, a Techome vai avançar com loteamentos em outras regiões do estado do São Paulo, no interior do Paraná e no Espírito Santo. “A Techome possui aproximadamente 2 mil lotes em estoque e uma carteira com cerca de 10 mil clientes que já adquiriram um lote e vão poder construir sua casa com a tecnologia da Positivo Casa Inteligente embarcada“, afirma o Caio. 

Rafael Mota

*Tech/creator do Inteligência Móvel (IM) * Nerd/geek (Pete Mineiro ⛏ da Cavalaria Geek). * [email protected]