Motorola lança smartphone One Vision

A Motorola apresentou o Motorola One Vision, seu segundo smartphone com Android One, que chega para ocupar a linha “intermediário-premium”, de R$ 1,6 mil a R$ 2 mil.

Preço do Motorola One Vision

“Este é um segmento que tem crescido bastante. Reponde por 70% das vendas na América Latina e tem crescido 30% ao ano. No Brasil, o crescimento foi de 200%, segundo dados da IDC”, disse o gerente geral da Motorola no Brasil, José Cardoso.

Inovações

“O Motorola One Vision não é geracional – uma atualização ou substituição de portfólio. Na realidade, ele tenta trazer inovações em design e tecnologia embarcada. Chamamos por Vision por causa da câmera. Ele não compete com o Motorola One, que permanece no mercado”, explicou Cardoso.

Câmera principal é de 48 MP

O Motorola One Vision merece destaque em dois quesitos: a tela com proporção de cinema (21:9) e a câmera traseira dupla com sensor ótico de estabilização (OIS).

Tecnologia Quad Pixel

A câmera principal é de 48 MP com abertura f 1.7 e 1.6 micron; e a câmera secundária possui 5MP para aprofundamento das fotos. Outros destaques da câmera são: a tecnologia Quad Pixel, que combina quatro pixels em um pixel maior, algo que dá mais cor e qualidade às imagens; e o modo noturno (Night Vision, no original em inglês), que captura múltiplos frames e combina os dados para fazer a redução de ruído.

Modo Night Vision

O Motorola One Vision possui um display CinemaVision IPS LCD de 6,3″ com resolução de 2520 x 1080 pixels, 432 ppi de densidade, 82,5% de relação tela-corpo e proteção Gorilla Glass.

Cores do Motorla One Vision

Por dentro, temos o processador Exynos 9609 octa-core, com quatro núcleos de desempenho Cortex-A73 rodando a 2,2 GHz e mais quatro de economia de energia Cortex-A55 rodando a 1,7 GHz. A GPU é a Mali-G72 MP3. Há 4GB de RAM e 128GB de armazenamento interno, podendo expandir até 512GB via microSD.

Para manter o dispositivo ligado, temos uma bateria de 3.500 mAh com suporte a tecnologia de carregamento rápido TurboPower. Por fazer parte do programa Android One, este aparelho receberá duas grandes atualizações do Android (Q e R), além de três anos de patches de segurança. Visando entregar um som de boa qualidade, a Motorola inseriu a tecnologia Dolby Audio com app dedicado.

Rafael Mota

*Tech/creator do Inteligência Móvel (IM) * Nerd/geek (Pete Mineiro ⛏ da Cavalaria Geek). * [email protected]

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.