Hitech Electric chega ao Brasil com um grande portfólio

Hitech Electric, empresa especialista em soluções em mobilidade elétrica. A plataforma trará produtos exclusivos da Hitech Electric, como o primeiro carro elétrico e autônomo do Brasil, além de um novo portfólio, que passa a incluir patinetes, scooters e motocicletas, veículos off road, caminhões e até a parte náutica com barcos e motores náuticos elétricos. Além do novo modelo de negócio, a empresa amplia a atuação com novas categorias e seção para venda de seminovos, posicionando-a como o principal distribuidor de eletromobilidade do país.

O e-commerce inova especialmente no modelo de negociação de soluções de eletromobilidade. Em breve, pessoas em qualquer localidade do mundo poderão adquirir os produtos e recebê-los em casa, e para os clientes do Brasil, alguns veículos poderão ser financiados por bancos tradicionais e com seguro já contratado, tudo na interface da plataforma.

“Estamos democratizando a forma como modais elétricos são vendidos no mundo. Por isso, desenvolvemos a plataforma com estabelecimento de parcerias e aprimoramento logístico a fim de disponibilizar soluções de mobilidade elétrica para os mais diversos públicos. Independentemente de onde estiverem, terão atendimento exclusivo, possibilidades de experimentação conforme região e outras facilidades para dar mais autonomia e segurança na hora da escolha entre as opções do novo portfólio”, explica Rodrigo Contin, CEO da Hitech Electric.

Para isso, a empresa está preparada para dar assistência e estrutura necessárias para toda a jornada do cliente. De acordo com o CEO, foi adotado um formato de negócio integrado e baseado na cultura digital, no modelo omnichannel, em que a convergência do virtual e do físico proporciona segurança e confiança em todo o processo de compra.

Essa decisão estratégica apoia a meta da Hitech Electric de criar e ampliar o relacionamento com o cliente a partir de diversos canais ligados ao e-commerce, como aplicativo para celular, televendas, redes sociais e chatbots para assistir o cliente no momento da compra, tirar dúvidas, trocar ou personalizar produtos.

A empresa também passa a contar com sete showrooms no Brasil (Curitiba, Porto Alegre, São Paulo, Jundiaí, Belo Horizonte, Salvador e Fortaleza), onde os interessados poderão conferir alguns dos modelos pesquisados na plataforma e esclarecer dúvidas com especialistas. Em outros países, porém, as vendas serão completamente online e futuramente através de pontos de apoio em algumas regiões.

De acordo com Contin, a empresa busca oferecer a melhor experiência de compra, por meio de um serviço digital e integrado, seguindo a tendência de compra online já presente em vários segmentos e que entra também agora em mobilidade.

O e-commerce irá permitir, ainda, que os clientes decidam pela melhor forma de pagamento, o que inclui financiamento bancário com aprovação de crédito e assinatura da contratação de forma on-line (válido para alguns veículos apenas). Entre as outras opções estão cartão de crédito (à vista ou parcelado), boleto bancário, débito em conta, financiamento e consórcio. A empresa oferecerá ainda seguro dos produtos, acessórios e adicionais como garantia estendida.

“A prioridade é ter todas as alternativas possíveis de logística e, também, de pagamento. Entendemos que são aspectos que completam uma experiência de alto nível e faz parte de acessibilizar modais inovadores ao maior número de pessoas, que é uma das nossas premissas”, explica o executivo.

As novidades do portfólio

E-WORK

Os modelos de carros da Hitech Electric, e.coTech2 e e.coTech4 (este último também com versão autônoma), assim como os caminhões urbanos e.coTruck e e.coCargo, estarão à disposição para compra online junto de novos itens comercializados pela empresa com exclusividade no país. Entre eles: micro-ônibus, caminhão, motocicleta, bicicleta, triciclo, patinete e até barcos elétricos, todos movidos à energia 100% elétrica.

e.coCargo

O barco elétrico Leisure 28 é elegante, com foco em linhas hidrodinâmicas e retas. Além disso, o volante oferece uma experiência luxuosa, o console de alumínio de alta qualidade e o interior sustentável são feitos de madeira, entregando o que há de melhor em sofisticação e estilo. É construído com materiais desenvolvidos a partir de plásticos reciclados e híbridos com base biológica para diminuir o impacto ambiental e criar a melhor solução possível.

O E-Work é o primeiro VUC elétrico brasileiro. Com cabine dupla, que aumenta o número de passageiros, tem capacidade para até 1500 kg na carroceria, é indicado para entregas urbanas e transporte de materiais e insumos, pois tem autonomia para 130 e 150 km. O modelo tem sistema de freios ABS+EBD, que confere mais precisão, segurança e menor distância de frenagem. Pode ser conduzido por motorista com carteira categoria B.

Em entrevista com Rodrigo Contin, CEO da Hitech Electric, questionei a respeito de alguns pontos quando se fala em mercado de elétricos.

O que mais chama atenção nos produtos Hitech Electric é que eles não dependem do famoso “postinho” de recarga, pois o grande diferencial do marca é justamente poder ser carregada em qualquer tomada 110/220v sem a necessidade de adaptadores. Isso porque os produtos foram projetados para um uso contínuo durante o dia e 5 a 8 horas de carga em momento de parada.

Super Soco TC

Os carros contam hoje com um aplicativo que contem o manual do proprietário e algumas funcionalidades, como localização do veículo, compartilhar a chave além de algumas novidades que ainda estão por vir. Como eu disse localização o Rodrigo me contou que inclusive todos os veículos tem um chip 4G integrado permitindo saber onde o veículo em tempo real e eles comercializam esse serviço em duas modalidades uma básica e outra um plano plus para quem deseja compartilhar a chave do carro. Já no aplicativo das motos ele vai além pois faz um checklist da mesma antes de ligar para garantir que está tudo em ordem.

Outra questão que conversamos foi sobre as baterias, algo que em muitos elétricos é um problema, pois custam o valor do carro praticamente. O Rodrigo me disse que realmente a bateria custa algo entre 25 a 35 % do valor do produto, pois são importadas, já tem um fornecedor nacional para melhorar esses custos. Outra grande vantagem é que as baterias quanto trocadas serão reaproveitáveis. Para problemas como colisão ou mesmo reparos dos veículos há uma parceria com a Porto Seguro e Bosh service, pois mesmo sendo um veículo normal, ele requer alguns cuidados na substituição de peças elétricas.

Rafael Mota

*Tech/creator do Inteligência Móvel (IM) * Nerd/geek (Pete Mineiro ⛏ da Cavalaria Geek). * [email protected]