Vivo 4G+ internet móvel até duas vezes mais rápida

Por -

Vivo inicia o processo de expansão da rede 4G+

A Vivo anunciou a ampliação de sua cobertura 4G+ para 20 novas cidades. Com isso, chegará a 77 cidades com cobertura 4G+, que é até duas vezes mais rápida que o 4G atual.

As cidades de São José e Itajaí, em Santa Catarina, ativaram o 4G+ neste fim de semana.  Natal, no Rio Grande do Norte, e Contagem, em Minas Gerais, ativarão o 4G+ ainda em junho. Até o fim de julho, a Vivo levará a internet mais rápida a Manaus (AM), Aracaju (SE), Belém (PA), Cariacica (ES), Cuiabá (MT), Dourados (MS), Fortaleza (CE), Maceió (AL), Palmas (TO), Porto Velho (RO), Salvador (BA), São Luís (MA), Serra (ES), Várzea Grande (MT), Vila Velha (ES) e Vitória (ES).

Para oferecer internet até duas vezes mais rápida, a Vivo agrega até três frequências 4G disponíveis em cada um dos municípios. A empresa já oferecia a conexão na rede de 2.600MHz e, com a gradual liberação da faixa de 700 MHz e o refarming no 2G na faixa de 1.800 MHz, passa a oferecer serviços de dados também nessas frequências, o que proporciona mais qualidade na transmissão do sinal em ambientes fechados, garante mais eficiência para o mercado corporativo e para Internet das Coisas, além de maior alcance.

“A Vivo é pioneira na ativação do 4G+, com uma internet móvel mais rápida e cobertura mais ampla, o que se traduz em melhor experiência para os nossos clientes”, diz Christian Gebara, Chief Operation Officer (COO) da Vivo.

A ativação da faixa de 700 MHz segue um cronograma estipulado pelo Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovação e Comunicações e Anatel, que depende do desligue da TV analógica em determinados municípios no País.

Com o 4G+, os clientes da Vivo podem navegar na internet, baixar vídeos, músicas e subir fotos para as redes sociais com muito mais rapidez. A utilização da faixa de 700MHz é também mais eficiente para a empresa, já que permite levar banda larga móvel a mais municípios e áreas remotas a um custo menor do que com outras frequências. Essa faixa apresenta melhores características de propagação e penetração de sinal, o que permite a empresa ampliar a cobertura utilizando menos infraestrutura (torres, antenas).

Para o triênio 2017-2019, a Vivo anunciou investimentos de R$24 bilhões (excluindo eventuais investimentos em licenças) em sua operação. Esse montante é destinado principalmente para a expansão da cobertura 4G, 4G+ e ampliação da rede de fibra até a casa do cliente (FTTH, na sigla em inglês) – elementos-chave para impulsionar a transformação digital liderada pela empresa. A Vivo segue líder com mais de 35% de participação de mercado, medida pelos acessos via aparelhos 4G, de acordo com dados da Anatel.

 

  • Via Assessoria de imprensa 

Analista de Sistemas em tempo integral. Sou uma pessoa que ama animais e vídeo-games. Ainda está explorando o mundo e pensando em ser pai. No máximo conheço de alguns Gadgets, computadores e animais mas ainda não tem em seu sistema o programa filho 0.1. Fã de Apple e seus produtos desde quando adquiriu que conheceu o Amiga (primeira Fenasoft). Não desgruda do seu iPhone e costuma trabalhar num iMac 21 polegadas, mas também usa um iPad e AppleTv, acredito em JailBreak e vê recursos muito bons porem não curte fazer por ter princípios próprios.► YOUTUBE: https://goo.gl/R07Uod ► INSTAGRAM: https://goo.gl/UeCasA ► TWITTER: https://goo.gl/NMiYy1 ► FACEBOOK: https://goo.gl/pg1PKL ► SNAPCHAT: https://goo.gl/UtKQdF ► ME ADICIONA: https://goo.gl/3noz3c

Deixe uma resposta