Microsoft Band, a pulseira inteligente da Microsoft

Junto da Microsoft Band o Microsoft Health, um serviço para unificar todos os dados coletados por pulseiras inteligentes ou aplicativos

A Microsoft entrou na onda das pulseiras inteligentes e anunciou uma smartband. Ela pode sim ser usada como relógio, mas ela é um pouco mais que isso, pois vem com vários sensores que ela vai além de ser uma pulseira, ela é tão inteligente que te incentiva a sair do sofá e fazer exercícios físicos.

Junto da Microsoft Band o Microsoft Health, um serviço para unificar todos os dados coletados por pulseiras inteligentes ou aplicativos
Junto da Microsoft Band o Microsoft Health, um serviço para unificar todos os dados coletados por pulseiras inteligentes ou aplicativos

Ela se chama Microsoft Band e é capaz de medir os passos dados, tamanho do passo, batimentos cardíacos, medidor de raios ultravioleta, sensor de resposta galvânica da pele e tem outros cinco sensores que executam outras tarefas tão importantes quanto essas. Sua tela retangular exibe blocos dinâmicos iguais aos do Windows Phone e sua bateria dura até 2 dias.

Junto da Microsoft Band, claro que ela não irá trabalhar sozinha então a empresa resolveu fazer um protudo para “casar” com a pulseira o Microsoft Health, um serviço para unificar todos os dados coletados por pulseiras inteligentes ou aplicativos, sejam eles da Microsoft ou não.

A parte bacana do Microsoft Health ao meu ver é que ele será um serviço que não irá depender únicamente da Microsoft Band poir permite ao receber dados de um Android Wear que tenha sensores de movimento, ou seja, é um serviço que não será Microsoft mas sim que vai atender a todos os grandes do mercado, Android e Apple. O aplicativo é capaz de informar se você gastou todas as calorias consumidas num café da manhã, se acordou durante a noite ou se dormiu pouco em dias de reunião. E assim como os demais aplicativos do tipo.

Outra mentalidade que surpriendeu foi que a Microsoft irá disponibilizar licenças de desenvolvimento para cada um dos sensores da Microsoft Band.Isso demonstra que a empresa está disposta a deixar de lado algo extramamente fechado para ganhar o mercado crescente e permitir que desenvolvedores criem seus produtos usando o hardware da empresa, o SDK de desenvolvimento deve ser liberado em janeiro de 2015

Outro ataque direto é que a Microsoft Band já pode ser integrada com o RunKeeper, MyFitnessPal e até a conta Starbucks nesse último caso permitindo que usuários paguem seus drinks mostrando a pulseira no leitor do caixa (nos EUA apenas), olha o tapa na cara do Apple Pay ai.

A Microsoft Band está disponível na Microsoft dos EUA e custa US$ 199. Veja mais detalhes no site oficial.