MediaTek cria primeiro chip para a Azure Sphere, da Microsoft

MediaTek entra para o time Microsoft para fornecer o processador para soluções IoT

A MediaTek Inc. acaba de anunciar que está colaborando com a Microsoft para o fornecimento do primeiro chip para a solução Azure Sphere, o MT3620, que ajudará a promover inovações para a área de IoT (Internet das Coisas) com conectividade e segurança integradas. A Azure Sphere é utilizada na criação de dispositivos operados por MCU (microcontroladores) altamente seguros e em rede a um preço que torna a segurança corporativa acessível para uma infinidade de dispositivos conectados aos ambientes na nuvem.

A MediaTek e a Microsoft trabalham juntas no desenvolvimento de um chipset especializado equipado com um controlador conectado via rede Wi-Fi e um processador para rodar o sistema operacional de IoT da solução Azure Sphere. Esse componente também oferece suporte integrado para os protocolos de segurança mais recentes da Microsoft.

Os chipsets serão vendidos como parte da solução Azure Sphere, permitindo que os clientes de inúmeros setores conectem facilmente seus produtos e dispositivos operados por MCU com a confiança de que estão protegidos pela Microsoft.

“A MediaTek tem um longo histórico de colaboração com a Microsoft em desenvolvimentos de SoC específicos que atendem às necessidades rigorosas de conectividade”, afirma Jerry Yu, vice-presidente corporativo da MediaTek e gerente geral do Intelligent Devices Business Group, destacando que a MediaTek é a parceira de referência no fornecimento de chips para a solução Azure Sphere.

“Além dos nossos laços estreitos com a Microsoft e nossa experiência em desenvolvimento, a Microsoft tem a mesma visão que a nossa, com foco na confiança e a segurança das soluções de IoT, desde chips a ambientes na nuvem, facilitando para empresas e consumidores a venda e o gerenciamento de dispositivos conectados.”

Com a redução significativa no custo da conectividade, bilhões de dispositivos operados por microcontroladores, de eletrodomésticos e monitores de saúde a brinquedos e equipamentos industriais, serão conectados. Mas, com mais pontos de conectividade, surgem mais pontos de possíveis vulnerabilidades, o que significa que as empresas e pessoas só usarão dispositivos conectados se acreditarem que seus equipamentos, dados e ambientes na nuvem estão seguros. É por isso que a MediaTek trabalha com a Microsoft para acelerar a transição do mercado de MCUs isolados para MCUs seguros conectados na nuvem.

“Hoje, a computação é mais robusta e onipresente, do ambiente na nuvem à borda. Na próxima década, veremos a democratização da conectividade para bilhões de dispositivos”, afirma Galen Hunt, diretor geeral da Azure Sphere da Microsoft. “A solução Azure Sphere reúne o melhor do conhecimento da Microsoft sobre ambientes na nuvem, software e chipset de silício, resultando em uma abordagem de segurança exclusiva, que começa no chip e se estende até a nuvem. A MediaTek trabalha em estreita colaboração conosco no chipset da nossa solução, que temos o prazer de compartilhar neste anúncio do MT3620, o primeiro certificado para Azure Sphere. O que estamos fornecendo juntos será a base para uma nova geração de dispositivos e soluções de borda inteligente e segura.”

Mais de nove bilhões de dispositivos com microcontroladores entram no mercado a cada ano, por isso é fundamental que líderes do setor, como a Microsoft e a MediaTek, trabalhem juntos para garantir que todos os dispositivos conectados, independente do preço, tenham o nível mais alto de segurança integrado.

Com a Azure Sphere, a Microsoft está construindo um novo ecossistema, que consiste de fornecedores de silício, fabricantes de dispositivos originais e fabricantes de equipamentos originais de uma ampla variedade de setores. Como um só grupo, eles entendem as oportunidades e os riscos associados ao crescente número de dispositivos e aplicativos de IoT e se uniram para garantir o desenvolvimento e a aplicação de padrões de segurança.

 

  • Via Assessoria de imprensa