Internet das coisas e computação em nuvem um mercado crescente

Por -

Internet das coisas e computação em nuvem gerarão uma grande demanda pelo desenvolvimento de novos softwares

Internet of Things (IOT) concept with hand holding modern white and silver smart phone. Connected devices in the cloud as technology background

Estamos vivendo um momento bastante importante na história da tecnologia, marcado pela convergência da computação em nuvem e da internet das coisas. Certamente, esses avanços impactarão no desenvolvimento de software: “Qualquer computador ou rede que se venha a instalar precisará de programas que se comunicam com outros computadores”, explica Roberto Mayer, fundador e CEO da empresa MBI, focada em plataformas de desenvolvimento de software para esse novo cenário. Mayer, que é também colunista da revista InformationWeek e do portal ITForum 365 desde 1999, vice-Presidente da ALETI – Brasil (Federação Ibero-Americana das Entidades Empresariais de TI) e diretor de comunicação da Federação Assespro, conduziu o quarto webinar promovido pela Assespro-SP e Locaweb Corp, cujo tema foi: “Internet das Coisas e Computação em Nuvem: Novos desafios para o software”. A previsão de Mayer para o mundo o desenvolvimento de softwares é que computadores dependerão cada vez mais de outros computadores para receber seus inputs e que não será necessariamente determinante a presença de um ser humano para sua operação.

Atualmente, as pessoas esperam que qualquer dispositivo permita, por meio da nuvem, acessar qualquer serviço disponível na rede. Entretanto, para que isso aconteça é preciso que cada um desses dispositivos contenha um software específico de interface com cada servidor que disponibiliza serviços. Esse é o grande limitador dessa mudança tecnológica que vivemos, mas é também uma grande oportunidade para empresas dedicadas à questão. “A internet das coisas vai gerar uma demanda gigantesca por novos softwares”, afirma Roberto Mayer.

Dentre as oportunidades que aparecem nessa mudança de cenário estão situações como o surgimento de cidades inteligentes, a criação de interfaces de comunicação entre sistemas novos e legados, a criação de sistemas que possam ser adaptados por parte dos usuários e entre diferentes dispositivos. Ou seja, todos os gargalos encontrados na passagem de um estágio a outro demandarão novos softwares. Dessa maneira, a resolução de problemas de migração para nuvem e IoT torna-se atrativa para desenvolvedores.

Aprofundando o debate, Roberto Mayer apresenta questões importantes com as quais os desenvolvedores de softwares desse novo mundo terão de lidar, tais como a conexão de redes locais corporativas com as redes globais, medidas de segurança para evitar os problemas de perdas de conexão e desligamento de equipamentos que ficam sem bateria, cobrança justa e adaptável pelos serviços oferecidos, a criação de soluções auditáveis que garantam qualidade e diminuam riscos, abertura e maleabilidade para que os softwares sejam operados em diversas línguas e opções monetárias, tornando-os disponíveis para qualquer desenvolvedor do planeta, entre outras.

Embora repleta de oportunidades, a mudança de estágios, porém, é complexa, segundo Mayer: “Operar com os sistemas de computação em nuvem e internet das coisas envolve diversas camadas, o que demanda muito esforço e pode dar margem a erros ao final do processo. É necessário melhorar as ferramentas de diagnóstico de problemas para que um projeto dessa ordem se torne viável. De modo geral, o custo do desenvolvimento do software precisa ser baixo e o valor dele precisa ser alto. Para isso, é preciso construir redes de alianças com novos fornecedores de forma a enfrentar esses novos requisitos a baixo custo”, explica.

Próximo webinar

Dando continuidade à série de webinars iniciada, a quinta webconferência deverá ocorrer no dia 12 de dezembro, às 15 horas, e terá como tema “Como alinhar a TI ao Negócio através dos Indicadores de Desempenho”. O quinto webinar será conduzido por Walfrido Brito, Diretor da Business Indicators – BI Serviços, engenheiro com Mestrado e Doutorado pela COPPE/UFRJ e POLI/USP. O especialista em Estratégia, TI e Indicadores de Desempenho possui 25 anos de experiência profissional como consultor e executivo em Gestão &  TI em empresas globais de consultoria (Deloitte, A. Proudfoot e PWC), Telecom e Serviços, (BI, Telefônica/Vivo, CCR, outros). É professor de Pós-graduação e MBA’s em Negócios, TI e Projetos da FIPT, FIA, FCAV, IMT, FIAP), além de Keynote speaker, palestrante e articulista (IDG, FGV, IIR, IBC, ITSMF, ISACA, Computeworld, InfoCorporate, entre outros).

Todos os seminários e conferências são realizados em tempo real e estarão à disposição não só para profissionais e empresas do setor de TIC, mas também para organizações de diferentes segmentos interessadas em conteúdo de qualidade sobre novas tecnologias e ferramentas na área de Tecnologia e Comunicação. E o melhor, com acesso gratuito.

Como participar? Basta acessar a página da Assespro-SP para realizar sua inscrição gratuitamente:www.assespro-sp.org.br/webinar/ ou acessar a plataforma: https://www.eventials.com/locawebcorp/groups/parceria-assespro-sp-e-locaweb-corp/

🔛Tech/creator do #in 👨‍💻 Nerd/geek (Pete Mineiro ⛏).Apaixonado pela esposa @agathaodossantos,tecnologias,fotos,games, rock,animais e pela vida. 📨 r.mota@inteligenciamovel.com.br ▶️ YOUTUBE: https://goo.gl/R07Uod 📸 INSTAGRAM: https://goo.gl/UeCasA 🕊 TWITTER: https://goo.gl/NMiYy1 💻 FACEBOOK: https://goo.gl/pg1PKL 👻 SNAPCHAT: https://goo.gl/UtKQdF 👍 ME ADICIONA: https://goo.gl/3noz3c