Dicas para comprar um smartphone com Android

Por -

Dicas para escolher um novo smartphone com Android

Todos os dias meu whatsapp ou telegran recebem essa pergunta, seja de familiares, amigos ou amigos de amigos. A idéia do site é ajudar justamente com isso e também aprender e poder repassar o conhecimento com quem está chegando nesse universo.

android-picture

Se você fica horas pesquisando para comprar um aparelho mas não sabe bem o que busca, talvez esse post possa ajudar.

A popularidade do Android deve-se muito à grande variedade de aparelhos disponíveis, com diferentes faixas de preço e recursos. Com smartphones a partir de R$350 o sistema aparece como o mais democrático dentre todos os sistemas desenvolvidos para smartphones.

Mas claro que nem tudo são flores, pois muitos acabam comprando e reclamando muito do aparelho, e muitas vezes culpando o próprio Android, por algo que talvez ele nem tenha culpa sozinho.

Atualização do Android!

Esse é o principal problema encontrado pelos usuários da plataforma. Você compra um smartphone que ainda esteja na versão com a versão 4.2 do sistema, e muito provavelmente irá permanecer para todo sempre com ela. É um problema que nem o Google, nem as fabricantes conseguiram resolver, mas estão trabalhando pra isso. Muitas fabricantes chegam a falar que o modelo X ou Y eles nem vão perder tempo de fazer a atualização.

Porque meu modelo com Android não vai ser atualizado ?

Completando a primeira explicação, alguns modelos não recebem atualização por alguns fatores como, personalizações do fabricante ou mesmo determinado processador.

Personalização do fabricante demanda a empresa ter um grande time de analistas e desenvolvedores para garantir que todos os apps de mercado vão funcionar naquele determinado modelo projetado pela empresa, isso faz com que você tenha um time muito grande só para cuidar desse fator. Aqui normalmente quem leva a melhor hoje em dia são aparelhos que usam o Android mais puro, com poucas ou nenhuma customização, muitas empresas estão adotando esse modelo e focando em trabalhar com hardwares melhores.

O segundo ou melhor talvez o primeiro fator da não atualização é o processador pois marcas como Qualcomm,Intel, Mediatek produzem uma infinidade de processadores para diversos modelos porem imagina dar manutenção em tudo isso ? Então pode-se dizer que é aqui que nasce o problema dos updates ou atualizações de versões do Android pois cada smartphone tem um processador diferente e a mesma empresa as vezes tem o mesmo modelo de aparelho com dois modelos diferentes de processadores, já pensaram no tamanho do problema ? Os com mais núcleos oferecem maior velocidade de resposta e, sem dúvida, são um grande diferencial na hora da compra.

Interface do Android

Como eu expliquei nas questões anteriores cada fabricante ou até mesmo desenvolvedor criar sua interface e suas customizações São as famosas “personalizações” que as fabricantes e/ou operadoras fazem. Estas podem tanto melhorar a navegação no aparelho como piorar pois podem “fragmentar” ainda mais seu Android, vou dar um exemplo o aparelhos que receberam uma personalização da operadora de telefonia X não vão mais ser atualizados, logo os desenvolvedores de software precisam se desdobrar em 500 para criar aplicativo, ai ele para de funcionar, porque ? Porque o criador disse que aquela versão ele não vai mais trabalhar pois dá muito trabalho e manutenção para ele, e com isso você perde seu aplicativo preferido.

Quantidade de memória eu devo ter ?

Aqui temos que dividir em duas partes, memória de espaço e memória de processamento.

É muito comum os que buscam baixo preço comprarem smartphones de 8GB de ARMAZENAMENTO, é a memória que fica o sistema Android, seus aplicativos, suas fotos e sua música se você não tiver um cartão de memória. E ruim ? Não mas tem que lembrar que 8GB é pouco e que logo o sistema irá começar apresentar problemas por falta de espaço, afinal no início tudo são flores. Por mais que você tenha espaço de sobra no cartão de memória eu recomendo que se inicie com aparelhos de 16 GB são mais caros um pouco mas dão respirada ao problema inicial.

Problema dois capacidade RAM do aparelho deve sempre ser maior que 1GB. Assim, o sistema operacional pode rodar com mais facilidade, evitando possíveis problemas de lentidão. Outro ponto importante é que as versões mais recentes do Android necessitam de mais Memória RAM. Aqui é para os querem jogar mais RAM vão precisar.

O que quase todos os aparelhos Androids têm?

Antes de sair comprando de uma olhada nessa lista e veja se o aparelho conta com essas caracteristicas, pois se não contar já é um indicio que é um péssimo aparelho:

  • Conexão com a internet via 3G, 4G e Wi-fi;
  • Navegador de internet;
  • Entrada padrão para fones de ouvido;
  • Conector mini ou micro USB;
  • Bluetooth;
  • GPS;
  • Câmera para fotos e vídeos;
  • Acesso à loja de aplicativos Google Play Store;
  • Entrada para cartão de memória MicroSD.

Fatores que podem melhorar a escolha?

Como a gama de aparelhos é muito grande, alguns fatores podem ser decisivos na hora da escolha. Além de um bom preço, alguns consumidores não abrem mão de recursos como:

  • Rádio;
  • TV Digital;
  • Teclado físico;
  • Conector HDMI(para ligar à TV);
  • Boa velocidade para jogos 3D;
  • Câmera que filma em 4k;
  • Câmera com Flash duplo;
  • Muitos megapixels;
  • Botão disparador da câmera;
  • Câmera frontal;
  • Roteador Wi-fi(para compartilhar sua conexão 3G/4G com outros aparelhos);
  • A última versão do sistema Android.
  • Leitor de Impressão Digital;
  • Leitor de NFC, poucos usam mas é bom ter;
  • Flash na câmera frontal;
  • Carregamento rápido;

Duração da bateria

Todos os fatores acima descritos irão finalizar aqui de nada adianta ter uma smartphone rico em recursos se você precisa recarregar a bateria do dispositivo com muita frequência. Muitas vezes, o fabricante informa que a bateria do dispositivo dura várias horas, mas não deixa claro que isso acontece apenas em situações em que se exige pouco do aparelho.

Como não dá para esperar “milagres” em relação a esse aspecto, uma vez que a indústria ainda não conseguiu criar baterias “poderosas”, aqui talvez vale um outro investimento procurar dispositivos que tenham carregadores turbo ou com poder de carregamento rápido, pois assim em alguns minutos seu aparelho está pronto para briga.

Conclusão

Não existe uma regra do que é melhor ou não, a melhor maneira de escolher um aparelho é testando em mãos o que é ideal para você,  as vezes vale à pena esperar para comprar um celular melhor por um preço menor do que comprar um barato que você terá que trocar em menos de 1 ano.

Quanto maior a tela e mais recente for o sistema do aparelho, maior é o número de aplicativos que ele pode “rodar”. Os aparelhos mais baratos sempre terão algum tipo de restrição nesse sentido.

Analista de Sistemas em tempo integral. Sou uma pessoa que ama animais e vídeo-games.
Ainda está explorando o mundo e pensando em ser pai. No máximo conheço de alguns Gadgets, computadores e animais mas ainda não tem em seu sistema o programa filho 0.1. Fã de Apple e seus produtos desde quando adquiriu que conheceu o Amiga (primeira Fenasoft). Não desgruda do seu iPhone e costuma trabalhar num iMac 21 polegadas, mas também usa um iPad e AppleTv, acredito em JailBreak e vê recursos muito bons porem não curte fazer por ter princípios próprios.

► YOUTUBE: https://goo.gl/R07Uod
► INSTAGRAM: https://goo.gl/UeCasA
► TWITTER: https://goo.gl/NMiYy1
► FACEBOOK: https://goo.gl/pg1PKL
► SNAPCHAT: https://goo.gl/UtKQdF
► ME ADICIONA: https://goo.gl/3noz3c

Deixe uma resposta