Apple keynote – iPhones, AppleWatch e AppleTv

Foto: turner.com

Apple Watch Series 3, Apple TV com 4K, iPhone 8, iPhone 8 Plus e iPhone X são os novos produtos da Apple

Foto: turner.com
Foto: turner.com

Vamos deixar de mimimi de lado e falar a verdade todos estavam lá para ver o novo iPhone, claro que queriam Apple Watch, Apple TV mas a estrela era o que já estava mais do que vazado em rumores. A novidade não vazada foi a inauguração do Steve Jobs Teather no novo campus da Apple.

Mas vamos ao que interessa, saber de tudo que foi apresentando, pois sobre o Steve Jobs Teather e os novos centros de convivências das lojas acho que ninguém quer saber muito e foi algo que foi bem explicado no início do evento.

Apple Watch Series 3

Sim teremos um novo Apple Watch, agora batizado de Series 3, o que vai diferencia-lo visualmente será um pontinho vermelho na coroa, por dentro ele terá um chip que usará o mesmo número de telefone do iPhone, não havendo necessidade de possuir dois números diferentes.

Aqui temos um pequeno problema com o Brasil que a nossa Anatel não costuma permitir isso aqui de usar conexão 4G/LTE com o mesmo número, vamos ver como isso vai chegar.

Sem dúvida o grande diferencial do Apple Watch Series 3 é o fato de haver 4G/LTE que irá  liberar o relógio totalmente das amarras do iPhone. A segunda inovação é que agora ele também traz é acesso ao Apple Music, agora a Siri “fala” Apple Watch e o relógio terá maior integração a outros dispositivos e streaming Apple. Haverá novas animações e também novas medições de saúde para tornar o Apple Watch ainda melhor, mas isso afeta a todos os modelos pelo que entendi. E novas pulseiras para variar.

Para atender a tudo que a Apple quer com o série 3 o Apple Watch Series 3, vai possuir um processador dual-core que segundo a Apple possui uma velocidade 70% maior do que os smartwatches da segunda geração, além de um chip W2 para conectividade 50% mais eficiente em autonomia de energia; isso porque ele vai precisar de bateria se vai ter uma conexão 4G/LTE, apesar de entender também que ele vai trabalhar com Bluetooth a maior parte do tempo e só vai suar 4G quando ficar longe do iPhone. Bom o série 3 vai ter GPS e resistência à água já presentes no série 2.

Foto: theverge.com

Vamos aos preços: o modelo celular começa em US$ 399 e a versão simples US$ 329. O série 1ª geração não morre e recebe o preço de a partir de US$ 249. Inicialmente 26 países terão acesso ao gadget mas como é de praxe, o Brasil não está na primeira leva de contemplados.

Apple TV 4K

Segundo ponto de aplausos do evento foi a apresentação do novo modelo de Apple TV, segundo a Apple uma nova forma de revolucionar a industria de entretenimento. Agora a Apple TV também suporta resolução 4K, com direito aos padrões de imagem HDR10 e Dolby Vision, que devem melhorar bastante a qualidade do vídeo. Para entregar tudo isso foi preciso um upgrade de hardware razoável, a nova Apple TV 4k ganha o processador A10X (A10 Fusion) e mais 1 GB de RAM ficando com 3GB de RAM, o mesmo processador do iPad Pro, afinal ela precisa ser 2x mais rápida que a geração anterior e ter 4x mais desempenho gráfico.

Foto: theverge.com
Foto: theverge.com

A nova Apple TV estará disponível a partir de 22 de setembro nos EUA por US$ 179 pela versão de 32 GB e chega a US$ 199 pelo modelo de 64 GB.

iPhone 8 e iPhone 8 Plus

 

Foto: theverge.com
Foto: theverge.com

Os novos iPhones 8 e 8 Plus não são nada diferentes do que os vazamentos adiantaram permanecem com displays de 4,7 e 5,5 polegadas, a mesma resolução Retina HD e visual do iPhone 7, processador mudou para o Apple A11 Bionic é um hexa-core dotado com dois núcleos de alta performance 70% mais rápidos que o A10, possuem traseira de vidro para facilitar o carregamento sem fio via carregador que suporte a tecnologia Qi, continuam com resistência contra água e poeira, alem dos alto-falantes estéreo e teremos 2 GB de RAM no iPhone 8 e 3 GB no 8 Plus

A câmera dupla continua restrita ao modelo Plus, que conta com sensor duplo de 12 megapixels, sendo uma lente normal com abertura f/1,8 e uma teleobjetiva com abertura f/2,8. O iPhone 8 de 4,7 polegadas tem apenas um sensor com estabilização óptica de imagem. De acordo com a Apple, os sensores são novos, consomem menos energia, capturam mais luz e são otimizados para realidade aumentada, ambas irão filmar em 4K a 60 frames por segundo (ou em 1080p em até 240 fps, ou slow motion).

Foto: theverge.com
Foto: theverge.com

O iPhone 8 será vendido nas versões de 64 e 256 GB, com preços de US$ 699 e 849, respectivamente.

Foto: theverge.com
Foto: theverge.com

O iPhone 8 Plus, por sua vez, custará US$ 799 e 949, com as mesmas capacidades de armazenamento. A pré-venda nos Estados Unidos começa no dia 15 de setembro, com as entregas se iniciando em 22 de setembro.

iPhone X

Foto: theverge.com
Foto: theverge.com

E o momento “One more thing…” foi ele o iPhone X (iPhone dez), ué mas não vai ter 9 ?. É não acho que fica para ano que vem. Também nada de novo, segue os vazamentos com um visual sem bordas, o aparelho perdeu completamente o botão Home, de modo a permitir que a tela ocupasse quase toda a área útil da parte frontal do aparelho, ou quase, porque tem uns pontos mortos na tela para os sensores de câmera.

Foto: theverge.com
Foto: theverge.com

Bom agora temos uma “Super Retina HD” ohhhh, só que não! nada mais é do que um display OLED (fornecido pela Samsung) com 5,8 polegadas e resolução de 2.436 × 1.125 pixels (463 ppi), com uma maior definição de cores e mais brilho.

Foto: theverge.com
Foto: theverge.com

Bom agora começou a modo dos sem botões, também não é novidade vai! O botão Home agora é a tela inteira, logo o Touch ID foi aposentado, agora é deslisar a tela para cima para ter acesso as funções do aparelho e ao novo método de desbloqueio, que agora será feito por meio de reconhecimento facial, o Face ID, não é preciso dizer que rolou uma vergonha durante a apresentação porque o primeiro modelo de demonstração não funcionou o Face ID. Isso porque a Apple investiu pesado para que o aparelho realizasse tudo através de reconhecimento facial, que segundo a apple irá ter um processador só para isso chamado de motor neural, permitindo que o smartphone reconhecer seu rosto mesmo se você trocar seu corte de cabelo, mudar de óculos, se adapta de acordo com as mudanças do seu rosto ao longo do tempo, e não pode ser enganada por uma foto.

Foto: theverge.com
Foto: theverge.com

Algo que muito me preocupava nesse Face ID era a detecção facial no escuro, não que eu use smartphone a noite na cama, só que não, mas imagine você naquela festa querendo tirar uma foto e o smartphone não reconhecendo seu rosto!

A apple pensou nisso e colocou vários sensores incluindo um infravermelho para garantir que o reconhecimento vai funcionar, basicamente e um sensor projeta pontos infravermelhos no seu rosto e cria um modelo matemático, que é lido toda vez que o iPhone X detecta o seu rosto. Segundo a Apple, ele é resistente a máscaras ou fotos, mas…, sempre tem o mas, sim a Apple não garante que seu irmão gêmeo do mal não use seu iPhone X.

Foto: theverge.com
Foto: theverge.com

E já que temos reconhecimento facial, porque não animar emojis, o que a Apple chamou de Animoji, que é basicamente um emoji animado.

Por hora será uma funcionalidade restrita ao iMessage em que os sensores captam os movimentos de seu rosto, o microfone coleta sua voz e junta tudo numa mensagem de voz personalizada, com uma certa fidelidade de movimentos. 

 

Agora vamos ao lado tech por baixo do iPhone X, bem ele recebe um novo processador o Apple A11 Bionic, a API Metal 2 e 3 GB de RAM, carregamento wireless, uma bateria que dura duas horas a mais que o iPhone 7 e certificação IP67, Bluetooth 5.0. As câmeras são semelhantes às dos iPhones 8 e 8 Plus, um conjunto duplo de 12 MP com uma lente normal de abertura ƒ/1,8 e outra teleobjetiva ƒ/2,4; ambas com estabilização óptica de imagem, Flash com quatro LEDs, HDR e capacidade de filmar em 4K a 60 fps.

Agora vem a parte dolorosa, se ja tinha gente vendendo um rim para comprar um iPhone, agora vai ter que vender o rim e um pulmão. A Apple apresentou o iPhone X de 64 GB de armazenamento em US$ 999, já a versão com 256 GB sairá por US$ 1.149. A pré-venda nos Estados Unidos começa dia 27/10 e os primeiros aparelhos serão despachados a partir do dia 03/11.

AirPower

E já que tudo vai ser recarregado sem fio, nada melhor que criar seu próprio recarregador com tecnologia Qi.  Agora teremos o AirPower e será lançado apenas em 2018, ainda sem preço definido. A principal característica é que ele pode recarregar um iPhone, um Apple Watch e os AirPods ao mesmo tempo. Vai ocupar menos espaço vai! vai acabar com ao menos aquele monte de fios que ficaria se fosse carregado separadamente, eu já vivo isso hoje, mas a ainda sem preço definido já pode esperar algo acima dos US$ 250, vamos aguardar 2018.