Apple e Samsung estão ensaiando (outra vez) uma trégua nos tribunais

A Apple e a Samsung vivem um curioso caso conjugal: enquanto brigam feito cão e gato nos tribunais por conta de patentes diversas, seja por displays, design de apps e aparelhos, recursos e outras coisas, sendo que no processo mais emblemático a Samsung foi condenada a pagar US$ 1,05 bilhão à Cupertino. Por outro lado a empresa coreana possui excelência em fabricação de componentes, em especial processadores mobile e um de seus principais clientes é a Apple. O A7 do iPhone 5s foi produzido pela Sammy e a parceria ainda vai durar alguns anos, já que a taiwanesa TSMC não consegue dar conta do que a Apple quer.

20140110galaxy-s4-iphone-5s

Talvez buscando colocar um fim nessa pendenga, ambas as empresas vão tentar novamente uma trégua promovendo um encontro entre seus CEOs Oh-Hyun Kwon e Tim Cook. A ideia é reunir ambos no dia 19 de fevereiro, um mês antes de nova audiência que vai discutir mais uma etapa da Guerra das Patentes. Os advogados de ambas as empresas se encontraram no dia 06/01 e provavelmente discutiram os termos que viabilizará o encontro entre os executivos.

O problema é que esta não é a primeira vez que Cook e Kwon se encontram. Em 2012 dois encontros foram realizados com o mesmo intuito e ambos não chegaram a acordo nenhum. Os resultados não foram discutidos, mas conhecendo ambos o mais provável é que nenhum quis dar o braço a torcer. Por isso mesmo que estejam dispostos a discutir esse assunto pela terceira vez, a possibilidade deles chegarem a um entendimento é baixa.

20140110cook-kwon

A verdade é que uma trégua nos tribunais seria vantajoso para ambos mas principalmente para a Samsung, que poderia manter a Apple como seu principal cliente de processadores enquanto ela vende displays para outros fabricantes de Androids (nesse quesito a Apple dá preferência à Sharp), e poderia tirar a TSMC da jogada definitivamente. Entretanto não dá para prever o que pode sair daí, e particularmente eu não acredito que eles sairão desse encontro melhores amigos.

Via MeioBitPor Ronaldo Gogoni