Acessórios com bio-sensores para iPhone trazem os Tricoders mais próximos à realidade

Por -

Os Tricoders surgiram pela primeira vez no universo StarTrek, conhecida no Brasil como Jornada nas Estrelas. São sensores instalados em dispositivos portáteis como um celular responsáveis por capturar, e analisar dados em tempo real.

iphonebiosensorcradle01_620x340

Na ficção, existem vários tipos de sensores capazes de lerem dos mais diversos tipos de sinais e dados, da biologia à radiação química. Mas, a realidade, como frequentemente acontece, costuma correr atrás da ficção, e professores e alunos da Universidade e Illinóis, nos EUA, conseguiram criar um dispositivo e um software que transforma um iPhone em um poderoso biosensor útil para testar e analisar toxinas patológicas e realizar diagnósticos. O pacote consiste em um acessório que contem uma série de lentes e filtros que alinhados com a câmera do smartphone, permite ao usuário, que guiado pelo aplicativo especialmente desenvolvido para a tarefa, realizar todo o procedimento.

No centro do dispositivo criado por eles, existe uma lente de Cristal Fotônico que basicamente tornao iPhone em um Espectrômetro de alta definição. Com um conjunto das peças valendo U$ 200, o dispositivo é tão preciso quanto um equipamento de laboratório que custa milhares de dólares, e ainda com o bônus de ser portátil e caber na palma da mão.

A equipe acabou de receber da NSF – National Science Foundation (Fundação Nacional de Ciências, em tradução livre), o aval para continuar desenvolvendo outras aplicações para o dispositivo e estão trabalhando em uma versão para aparelhos Android.

O video abaixo (em inglês) dá uma pequena demostração do futuro. Vejam:

Fonte: Engadget

Engenheiro de Computação, atuando no desenvolvimento de software a 16 anos, blogueiro iniciante e geek nas horas vagas. Atualmente possui um celular Galaxy Note 3. Gamer nas horas vagas, é fã da série Dragon Age, Mass Effect, The Elder’s Scrolls.

Deixe uma resposta